11.10.08

hóros(com os) copos

Need to remember that not all conflicts are empty soap operas. Some of them are quite legitimate, and working through them calmly can improve a relationship.

2 comentários:

Eduardo Cardozo disse...

Diria que fugir dos conflitos é fugir de nós mesmos. Uma cobardia incomoda que nos faz cada vez mais pequenos, simples ratos de esgoto sem querer insultar o simpático animal.

Marta disse...

Pois mas há quem fuja! Aliás há muito "boa" gente que foge.O problema está em adivinhar com antecedência quem é que costuma fugir. Aí está a verdadeira questão. Porque nada tnho contra quem foge, desde que eu não tenha nada a ver com isso.