1.2.07

Salon des refusés

(...)há sempre um pouco de luz.

Sem comentários: